10 aranhas mais venenosas do mundo

10 aranhas mais venenosas do mundo

1 – Viúva Negra Americana

É uma espécie de aranha originária da família dos Teridiídeos, e estão espalhadas por todo o continente americano. A fêmea é dotada de uma coloração negra e brilhante, possuindo uma larga mancha vermelha em forma de ampulheta, na superfície ventral do abdômen. Seu nome é proveniente do hábito de se alimentar do macho após copularem. No Brasil, ela é encontrada, principalmente em praias. Também é bastante vista próximo a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

2 – Aranha Indiana Ornamental

É uma espécie muito agressiva, rápida e venenosa. Apesar de ser comercializada entre criadores, é uma das mais perigosas. Devendo ser criada apenas por profissionais qualificados. Seu veneno é extremamente ativo no ser humano.

3 – Aranha Teia de Funil

Ou, Atraz Robustus, é uma das mais venenosas do mundo. Essa espécie é nativa da Austrália. Suas quelíceras medem em torno de 1,5 mm, sendo dotadas de veneno altamente tóxico para os humanos, podendo matar uma pessoa em questão de poucas horas, ou até minutos, se não tratado rapidamente. Um fato curioso é que os cães são imunes a esse veneno.

4 – Aranhas de Areia

São encontradas em regiões desérticas, normalmente no hemisfério sul da América do Sul e África. Sua principal característica é o hábito de se enterrar na areia. Possuem seis olhos, dispostos em duplas.

5 – Aranha Marrom

Também é conhecida como a Aranha Violino ou Reclusa Marrom. Sua picada pode causar doenças em crianças e adultos. São animais calmos, picando apenas em casos extremos, ou seja, quando são muito pressionadas. É uma aranha incomum, possuindo seis olhos (a maioria das aranhas tem oito). Em seu rosto há uma marca, como o formato de um violino (daí o nome). Se não for tratado rapidamente, seu veneno necrosante pode levar à morte.

6 – Aranha Armadeira

Essas aranhas são do gênero Phoneutria, sendo originárias da América do Sul, pode ter de 3,5 cm a 5 cm de corpo e suas patas podem chegar até 17 cm. São animais peçonhentos e agressivos; apenas 0,006 mg do veneno que produzem é suficiente para matar um rato. É muito comum ver esse animal dentro de casas à procura de alimentos, parceiros sexuais e abrigo (principalmente dentro de roupas e sapatos).

Por serem muito agressivas, quando ameaçadas picam o “agressor” diversas vezes. Mesmo sendo um animal venenoso, a maioria dos casos registrados tiveram prognóstico positivo. Quando ocorrem, o tratamento é sintomático, utilizando analgésicos via oral e anestésicos como a xilocaína, quando em caso de ânsia de vômito, se utiliza antieméticos.

7 – Aranha de Costas Vermelhas

A Latrodectus Hasseltii é nativa da Austrália. É fácil saber quando se trata de uma dessas por conta de suas costas avermelhadas com listras pretas. As picadas dessa aranha só são perigosas quando forem de uma fêmea. Apesar de serem raros os casos de mortes registrados, a picada dessa aranha pode doer muito. Essa é uma das poucas que praticam canibalismo durante a cópula; não poderia ser diferente já que são parentes da Viúva Negra.

8 – Aranhas-reclusas

Encontradas no sul dos Estados Unidos e no oeste da América do Sul, essas aranhas são consideradas bastante venenosas. Por sorte, nós não precisamos nos preocupar muito com elas, já que suas presas são bem pequenas e não conseguem penetrar nas roupas de tecidos mais finos – restando somente alguns pobres animais de vítimas para elas.

9 – Aranhas-teias-de-funil

Típicas da Austrália, essas aranhas são conhecidas por ter presas bem grandes que podem chegar a 2 centímetros. O veneno que carregam é muito poderoso, considerado um dos mais fatais do mundo. Apesar de existir um antídoto para o veneno, ele deve ser aplicado rapidamente (em questão de horas), já que as pessoas podem ter sequelas permanentes ou entrar em óbito.

10 – Aranhas-de-pés-pretos

Essas aranhas não são muito venenosas, apesar de carregarem boas quantidades de veneno. Não se preocupe: caso você seja picado por elas, dificilmente irá morrer ou ter complicações sérias. Entretanto, em alguns casos mais graves, as picadas delas podem causar necroses ao redor do local mordido. Felizmente, elas só vivem no sul dos Estados Unidos.

 Fonte: fatosdesconhecidos.com.br/megacurioso.com.br