10 experimentos nazistas em seres humanos

10 experimentos nazistas em seres humanos

Dentre as maiores crueldades do regime mais atroz do mundo moderno, estão os experimentos com seres humanos realizados nos campos de concentração.

A lista abaixo reúne alguns dos mais terríveis:

1 – GASES

Arquivo Nacional Alemão / Wikimedia Commons

Os nazistas queriam conhecer a fundo o efeito do gás mostarda e do fosfogênio sobre o corpo humano. Para isso, usaram-no em prisioneiros, muitos dos quais morreram durante o teste.

2 – LESÕES NA CABEÇA

U.S. Government Printing Office

O Dr. Wichtmann martelava a cabeça de crianças, as quais ele mantinha amarradas, para calcular quantos golpes exatamente o crânio aguentava.

3 – ESTERILIZAÇÃO

United States Holocaust Memorial Museum / Instytut Pamieci Narodowej

As mulheres dos campos de concentração foram utilizadas como cobaias na pesquisa de métodos de esterilização através de drogas, cirurgias e raios-x.

4 – ALTURA E PRESSÃO

National Archives and Records Administration, College Park, Md.

O Dr. Rascher prendia os prisioneiros em uma câmara de baixa pressão para pesquisar maneiras de ajudar os pilotos alemães que tinham que enfrentar grandes alturas. Dos 200 prisioneiros, morreram 80.

5 – MALÁRIA

United Nations Archives and Records Management Section

No campo de concentração de Dachau foi injetada malária em várias pessoas para depois pesquisar como tratá-la, administrando nas cobaias todos os tipos de drogas experimentais. Muitas pessoas morreram de overdose.

6 – CONGELAMENTO

BMJ: British Medical Journal / Wikimedia Commons

Os nazistas queriam conhecer mecanismos para tratar a hipotermia. Para isso, mergulhavam os prisioneiros em um tanque com água congelada por mais de três horas ou até a morte.

7 – VENENO

United States Holocaust Memorial Museum / Wytwornia Filmow Dokumentalnych I Fabularnych

No campo de concentração de Buchenwald, foram realizados experimentos para pesquisar os efeitos dos venenos nas pessoas. Eles simplesmente adicionavam veneno na comida dos prisioneiros. Muitos morriam instantaneamente.

8 – ÁGUA DO MAR

National Archives and Records Administration, College Park, Md.

No campo de concentração de Dachau, foram realizados experimentos que tinham como objetivo tornar a água do mar potável, misturando-a com outras substâncias. Dos prisioneiros que tiveram que bebê-la como teste, muitos morreram de desidratação.

9 – CRIANÇAS

Os nazistas, obcecados com a supremacia racial, experimentaram em crianças, com o objetivo de torná-las mais fortes, fazer seus olhos ficarem mais claros e seus traços mais próximos ao padrão ariano.

10 – SULFONAMIDAS

United States Holocaust Memorial Museum / Guenther Schwarberg

Os prisioneiros eram infectados com alguma doença como gangrena ou tétano e depois tratados com sulfonamidas, um agente sintético antimicrobiótico. No entanto, as doses excessivas causavam a morte deles.

fonte